10 vidas

Eu conheci o Dan na faculdade, mais especificamente no prédio de comunicação, o famoso prédio D, “famoso” mas bem menos centralizado que o resto da faculdade, e seus respectivos prédios.

A gente se via nos corredores, era de lei um olhar para o outro, assim, disfarçando, sabe?
Ele me via sempre com meu (querido) vestidinho floral, um de alcinha que eu adorava usar nos dias de calor, e eu o via sempre com a cara fechada, mal sabia o sorriso lindo que escondia.


Certo dia, desses bem escolhidos a dedo por Deus, pela vida, ou seja lá qual for sua crença (Pra mim, considero um presente do universo), a gente conversou pela primeira vez, e posso dizer que eu bem que desconfiei que aquele dia havia amanhecido mais bonito, sabe?
Eu me senti conversando com alguém que já conhecia de outros tempos, outras vidas (repetindo a questão da crença).
Era como se eu tivesse chegado no fim de toda a busca, de todo anseio. Eu estava tranquila, sentindo que finalmente havia encontrado o grande amor da minha vida.
A partir disso, nos falávamos todos os dias, assuntos incontáveis, eu falava das minhas teorias malucas (inclusive a das tartarugas), e ele contava sobre sua vida.

A gente já falava em casamento, em ter filhos, e no quanto queríamos conhecer o mundo juntos. Sempre foi algo tão certo, tão verdadeiro, que nem parecia real.
O tempo foi passando, o amor foi aumentando, e com ele, nossa vontade de realizar todos os sonhos de nossas vidas, sempre juntos, sempre unidos.
Mas sabe o mais incrível de tudo isso? é que todos os dias parecem o primeiro, toda vez que vou vê-lo parece a primeira vez, todos os beijos são longos e demorados, e toda vez que escuto a voz dele, meu coração acelera involuntariamente, sem eu sequer perceber.
Eu nunca imaginei que fosse encontrar ele tão próximo de mim, e que nele eu fosse encontrar o melhor amigo que eu poderia ter, o melhor companheiro, o melhor parceiro de todas as horas.

E o amor é assim, ele vem sem avisar, sem anunciar…ele simplesmente acontece, e por mais irônico que isso possa parecer, é sempre quando a gente menos espera.
Hoje escrevo de todo o meu coração, construir essa história linda de amor é minha maior satisfação.
De todos os contos de amor, o nosso é o mais bonito, e se fosse pra viver mais 10 vidas, eu escolheria ele em todas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: