Pais e filhos

tumblr_orsk0gZWRM1v8cokto1_500.png

Muita gente já veio com a pergunta pra mim: “Não me dou bem com meus pais, o que faço?” e pra ser honesta, mesmo eu tendo um relacionamento ótimo com meus pais, eu sempre soube responder, principalmente porque isso é algo bem comum de acontecer.
Óbvio que já tive minha fase rebelde sem causa, aquela famosa fase que você vê defeito em tudo, quer revolucionar o mundo sozinho, acha que pode fazer o que bem entender, quer anarquizar até mesmo a pipoca do tiozinho da esquina.
Apesar de ser uma fase difícil, é também uma fase cheia de descobertas e de provações. Acredito que a gente passa a se “moldar” a partir dali. Nossos gostos, nossa personalidade, por mais que depois de um tempo a gente amadureça, existem reflexos que nunca mudam.

E sobre isso, não da pra deixar de falar sobre o (terrível e assustador) relacionamento com os pais, especificamente nessa fase.
Parece que essa fase, a da adolescência, é uma fase injusta, tantas coisas são feitas pra gente “se arrepender” lá na frente, ou na melhor das hipóteses, a gente sentir uma leve vergonhinha, mas no fundo entender que foi só uma fase assim como as outras, e que a gente sobreviveu. Ufa.

O fato é que, muitas vezes as pessoas não se dão bem com os pais por um motivo bem bobo e ao mesmo tempo complexo: Pensamentos diferentes!
Na grande parte dos casos, os pais tem um tipo de pensamento totalmente avesso ao seu, são mais maduros e entendem mais sobre a vida e o mundo. E muitas pessoas, no auge da sua juventude não os entendem, algumas vezes levam até como algo negativo. MAS NÃO É!

Por mais que seus pais as vezes briguem com vocês, eles são seus pais, e isso nunca vai mudar, óbvio que tem pais abusivos, que abusam psicologicamente dos filhos, mas não é esse o foco do texto, o que quero dizer é que a maioria dos pais só querem nosso bem, e as broncas, os conselhos, e as vezes que não deixaram você fazer algo, foi porque talvez eles tenham vivido situações que não querem pra vocês.

Minha mãe sempre me disse, (logo em seguida de uma sessão de piti minha) que eu só a entenderia quando fosse mãe, e hoje, mesmo não sendo mãe ainda, eu a entendo, pois amadureci e vi que tudo o que eles fizeram, foi para o meu bem!

E como já dizia Renato Russo:

“Você me diz que seus pais não te entendem
Mas você não entende seus pais

Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo
São crianças como você…”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s