Manual simples e prático de como manter um bom relacionamento com a sua sogra

Oi minhas lindezas, tudo certo com vocês? Comigo tá tudo ótimo!       Sempre ouvi pessoas falando sobre a dificuldade que existe nos relacionamentos entre sogras e noras.

Continuar lendo

Anúncios

Atualizando + novidades

Oi minhas lindezas, tudo certo com vocês? Que saudades de vir aqui falar um pouco sobre minhas histórias e novidades no geral.

A real é que dei essa sumida pois meu computador ainda está quebrado 😣 bem bad messsssmo! E por conta disso tô lutando pra manter as redes atualizadas, inclusive o canal, o mesmo que eu estava me dedicando bastante.

2018-06-14-02-16-33-147.jpg

Aí como tô sem previsão pra tudo normalizar, resolvi mostrar e contar um pouco de como foram os últimos dias, há aproveito pra avisar que sempre posto tudo no Instagram, corre lá e me segue @cacarrais ❤

20180614_022416

No dia dos namorados comemoramos em casa mesmo, visto que caiu bem em uma terça feira 😑 e claro porque não gostamos de muvuca, e nessas datas é praticamente impossível encontrar lugares ou até mesmo reservar, aí optamos por passar nosso dia dos namorados em casa comendo uns lanches com muito Netflix e amor ❤

20180614_022445

No outro dia o Dan Dan (conhecendo bem a namorada que tem, óbvio) me deu esse milkshake de unicórnio que o BK lançou em edição limitada 🦄 nem preciso dizer que amei, né?

20180614_022942

Tava louca pra testar uma máscara nova, quando minha irmã me deu essa da T&G pra testar 👑 vai rolar resenha dela em breve!

20180614_022546

E pra fechar esse post com chave de ouro (ou seria aliança de ouro?) Eu e o Dan compramos nossas alianças ❤💏 é muito amor envolvido!

Espero que tenham gostado das novidades!

Logo logo voltarei com a rotina de posts/vídeos 😙

Be-zo!

Pais e filhos

tumblr_orsk0gZWRM1v8cokto1_500.png

Muita gente já veio com a pergunta pra mim: “Não me dou bem com meus pais, o que faço?” e pra ser honesta, mesmo eu tendo um relacionamento ótimo com meus pais, eu sempre soube responder, principalmente porque isso é algo bem comum de acontecer.
Óbvio que já tive minha fase rebelde sem causa, aquela famosa fase que você vê defeito em tudo, quer revolucionar o mundo sozinho, acha que pode fazer o que bem entender, quer anarquizar até mesmo a pipoca do tiozinho da esquina.
Apesar de ser uma fase difícil, é também uma fase cheia de descobertas e de provações. Acredito que a gente passa a se “moldar” a partir dali. Nossos gostos, nossa personalidade, por mais que depois de um tempo a gente amadureça, existem reflexos que nunca mudam.

Continuar lendo

10 vidas

Eu conheci o Dan na faculdade, mais especificamente no prédio de comunicação, o famoso prédio D, “famoso” mas bem menos centralizado que o resto da faculdade, e seus respectivos prédios.

A gente se via nos corredores, era de lei um olhar para o outro, assim, disfarçando, sabe?
Ele me via sempre com meu (querido) vestidinho floral, um de alcinha que eu adorava usar nos dias de calor, e eu o via sempre com a cara fechada, mal sabia o sorriso lindo que escondia.

Continuar lendo

Sobre a importância de deixar o passado simplesmente ser passado

É correto a gente afirmar que o passado é parte fundamental de nós mesmos como seres humanos, afinal, é ele quem nos constrói, quem nos prepara, quem nos ensina.
Eu sempre acreditei e defini ele como um conjunto de lições e aprendizados que aprendemos no decorrer da vida,  mas que apesar disso, ele deve ser deixado no lugar onde é certo deixá-lo: no passado.
O fato é que devemos desapegar um pouco desse passado, focar mais no presente, nas diversas coisas maravilhosas que virão, e sem ser clichê, eu desejo que seu passado se torne realmente passado.
Continuar lendo

Sobre The Smiths, luzes e amor

The Smiths sempre foi uma banda que representou (e representa) muito o que sou hoje e sobre minha própria personalidade em si, essa que se desenvolveu através dos anos que passaram e que continuam passando.
Eu não me recordo ao certo quando ouvi The Smiths pela primeira vez, e isso para um fã pode soar um pouco triste, mas entendo que talvez eu fosse muito pequena para lembrar do momento exato, visto que é uma banda que tenho convívio direto desde sempre, só não me recordo a data exata do primeiro contato dos meus ouvidos com o timbre único de Morrissey.

0a0f991755d62fc7a0c8205adeed32ac--the-smiths-my-music.jpg

Apesar de não lembrar a data exata, sei que o primeiro disco que ouvi foi o Best II, um disco que já existia há tempos na minha casa e eu nem sequer sabia.  Estava na fase das descobertas, no auge dos meus 11 anos nascia meu amor por música, e nessa época o meu maior interesse era descobrir bandas novas, artistas novos, desbravar todo o armário da sala e passar horas ouvindo os discos guardados e empoeirados na vitrola que meus pais tinham. Assim que ouvi, me apaixonei imediatamente pelas letras, pela melodia e por toda a composição das músicas, em sua grande parte melancólicas e cheias de amor e de sentimentos.

Continuar lendo

Bem-vindo 2018!

Oi minhas lindezasssssss ❤
Como vocês estão? Eu estou ótima, com muitas saudades de vir aqui falar com vocês.
Finalmente consegui vir aqui atualizar o blog, estava viajando, na realidade fiz duas viagens seguidas, a primeira pra Foz do Iguaçu/Porto Alegre/Argentina e Paraguai haha, e a segunda para o Maranhão, mas vão ter posts de todos os lugares que passei falando mais sobre, inclusive vários vlogs também, que por sinal já estou editando hahah.

foto 3 (10)

Continuar lendo